Verdadeira?


Não é má fé, mas eu acredito hoje em dia que toda amizade pode acabar, sem exceção. As de vinte anos podem acabar, as de dois anos podem acabar, as de 2 meses podem acabar. Não importa o quão forte seja sua ligação com aquela pessoa. Ela pode acabar de um dia para o outro, sem motivos aparentes, sem ou com brigas, vai acabar e pode não voltar.

Eu já tive a minha decepções com amizades e garanto: Os caminhos mudam, as pessoas mudam e por bem ou por mal as pessoas se afastam. Admito que por muito tempo eu guardei mágoas, culpei a pessoa por não ter se esforçado e ouvi muitos "Não era para ser, não era amizade verdadeira" e hoje em dia coloco minha cara a tapa para falar, era pra ser e era amizade verdadeira, SIM. Não guardo mais mágoas e entendo porque tudo aconteceu do jeito que aconteceu. Entendo que amizades por mais verdadeiras que são podem acabar por alguma façanha do destino e não significam menos por isso, de alguma forma, você aprendeu com e sem a presença da pessoa, e eu não posso reclamar disso. 

Eu não posso desvalorizar as amizades que estão aqui ainda, e agradeço por estarem, aproveito cada dia como se fosse o último, não posso prever o amanhã, certo? E de olhos fechados e pés juntos — mesmo tendo pensamentos que amizades podem acabar —, eu peço para não me afastar das pessoas que eu amo, eu sei que pode, mas seria tão bom se não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário